16/05/2014

THE STRANGE COLOR OF YOUR BODY’S TEARS aka A ESTRANHA COR DAS LÀGRIMAS DO SEU CORPO: A Nova Jornada Onírica de Hélène Cattet e Bruno Forzani pela Mitológica Era de Ouro do Giallo Italiano.




Para definir o Cinema    radicalmente autoral do casal: Hélène Cattet e Bruno Forzani, é preciso elencar uma série de influências. Eles são o fruto de toda uma realeza de diretores franceses que marcaram os anos 80, quando surgiram com um Cinema extremamente estetizado. Luc Besson, Jean-Jacques Beineix e Leos Carax, são os principais expoentes desse, digamos, “Movimento”. O principal universo de influências da dupla é a Produção Italiana de Gênero dos anos 60 e 70, principalmente o Giallo, o principal subgênero do Horror Cinematográfico Italiano.  Ainda temos o ambiente. Cattet e Forzani moram em Bruxelas, um grande Centro de Produção Artística atualmente na Europa, com grande força nas artes visuais/design. Toda essa sofisticada cadeia de influências gerou o primeiro longa do casal: AMER, que foi fruto de alguns impactantes curtas-metragens. Após o impacto desse primeiro longa-metragem que virou um Cult Movie instantâneo, e  um longa seguinte era muito aguardado. Em THE ABCs OF DEATH eles tem uma participação muito especial no segmento: O is for Orgasm.   Então surge o segundo longa: THE STRANGE COLOR OF YOUR BODY’S TEARS.



O filme é um delirante e caleidoscópico mergulho na mente de um assassino com direito a capa preta e luvas de couro, uniforme básico de todo matador dos filmes Giallo. Fragmentos de imagens com forte tensão cromática rondam essa trama onde desejo, morte e obsessão percorrem labirintos onde ecoam recroações   de inúmeros elementos estéticos e narrativos de filmes magníficos como COSA AVETE FATTO A SOLANGE ?  de Massimo Dallamano, BAY OF BLOOD de Mario Bava e principalmente: LO STRANO VIZIO DELLA SIGNORA WARDH e TUTTI I COLORI DEL BUIO, de Sergio Martino, cuja bela trilha sonora de Bruno Nicolai é citada de maneira emocionante, além de suas cores e até elementos cenográficos como os seus vitrais. Mas isso é só uma parte dos elementos estruturais desse filme hipnótico, que tem uma das mais belas e brutais sequências de mutilação dos últimos tempos, toda em verde e vermelho. A ESTRANHA COR DAS LÁGRIMAS DO SEU CORPO é mais radical e hermético do que AMER. Tem uma dupla força em suas imagens. Em primeiro lugar é um filme saboroso para os fãs do Giallo Italiano e seus derivados, e em segundo lugar é um belo incentivo para os iniciantes mergulharem nesse sublime oceano de filmes que a Itália nos presenteou em sua Era de Ouro onde foi, com certeza, a maior Cinematografia do Mundo. Mas uma coisa é certa: o novo longa da Dupla Cattet e Forzani é um sofisticado e saboroso “Banquete para os Sentidos” !!!!
































2 comentários:

Marcelo Lima disse...

Onde vc conseguiu?

Marcelo Carrard disse...

Eu vi no Fantaspoa. Para baixar ainda não encontrei.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...