18/08/2013

UOMINI SI NASCE, POLIZIOTTI SI MUORE aka LIVE LIKE A COP, DIE LIKE A MAN: Um eletrizante e pouco celebrado Filme Policial de Ruggero Deodato



O Filme Policial Italiano, ou Polizialesco como dizem alguns, se difere muito do Giallo, por seus argumentos mais ligados a investigações criminais de roubo, extorsão, tráfico e afins, com muita violência e algum conteúdo erótico. Alguns Diretores se destacaram nesse Subgênero do Cinema Italiano com um punhado de Clássicos como: Umberto Lenzi, Enzo Castellari e Fernando Di Leo. Em 1975, antes de se tornar mundialmente famoso com seu CANNIBAL HOLOCAUST, Ruggero  Deodato dirigiu um dos mais violentos e populares desses Filmes Policiais Italianos: LIVE LIKE A COP, DIE LIKE A MAN, que contou com Argumento e Roteiro de Fernando Di Leo, com uma marcante e solar Direção de Fotografia que acaba por imprimir uma força realista ao extremo em determinados momentos.



Esse filme de Deodato foi  remasterizado e editado pelos guerreiros da RARO/NOCTURNO DVD assim como outro título do mesmo Diretor:ANDATA DI PIACERE, também de 1975. O filme já abre com um brutal assalto de uma mulher por dois motoqueiros diante de um simpático Papai Noel. Se segue uma alucinante perseguição de motos onde a dupla de Policiais/Galãs/Heróis se mostra implacável em atos de heroísmo e até tortura serão escancarados na tela. Falando em tortura o filme tem vilões alucinados, com destaque para a sequência onde o velho viciado em morfina tem um dos olhos vazado. A sequência do incêndio dos carros também se destaca, sem esquecer das muitas perseguições e tiroteios, tudo ao som de uma trilha bem 70’s Groove que proporciona todo um clima charmoso e vintage ao filme que é delicioso de se assistir.È possível encontrar ecos dessa Escola Italiana do Filme Policial    nos trabalhos de Francisco Cavalcanti e Jece Valadão. Absolutamente popular, esse conjunto de filme somente agora passa a ter um olhar mais generoso da Críticam e filmes como esse do Deodato despontam com uma espécie de “Cult Tardio”.







0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...