08/07/2013

THE LORDS OF SALEM: Rob Zombie finalmente acerta na Direção Cinematográfica




Depois do razoável: Rejeitados pelo Diabo e dois equívocos: Halloween 1 e 2, finalmente o músico e Diretor: ROB ZOMBIE acerta na Direção de um dos melhores filmes de horror do ano: THE LORDS OF SALEM, protagonizado pela musa absoluta de Zombie: CHERRI MOON ZOMBIE, no papel da jovem Heidi. O mergulho de Zombie nas profundezas telúricas do mundos das bruxas e sua subversiva força de criação/destruição é arrebatador. Heidi é uma jovem que tem um programa de rádio sobre Rock e assuntos relacionados que aos poucos começa a perceber que uma forte presença sobrenatural a cerca. Narrado por blocos de ações divididos pelos dias da semana que antecedem o sábado, dia do Sabbath das Feiticeiras, o que nos é revelado é o mergulho de Heidi nessa descoberta, onde será guiada por um grupo de bruxas diabólicas.


Destaque para o Programa de Rádio onde aparece um líder de uma banda de Black Metal, a figura das bruxas e a beleza hipnótica dos rituais, sem esquecer das atmosferas de pesadelo que cercam a jornada de Heidi através do corredor escuro de seu prédio que revelam       dimensões de grande beleza e de um profundo e ancestral horror. O filme realmente me surpreendeu, em inúmeros sentidos. É o tipo de filme que se vece cer com o mínimo de informações sobre ele, para que suas surpresas, sua estranha beleza e sua trolha sonora, que inclui temas clássicos e atmosferas que remetem aos melhores momentos do Dead Can Dance, consigam nos envolver como espectadores nos capturando para um mundo totalmente desconhecido, onde o Gênero Feminino é absolutamente dominador...Fogo, sangue e sacrifício... As bruxas surgindo da neblina é uma imagem inesquecível e antológica...











1 comentários:

Anônimo disse...

Já eu não gostei do filme. Ele é fraco em suspense e em tensão. Algumas cenas são muito surreais, perdendo em verossimilhança. Abusa dos símbolos católicos mais como uma forma de chocar o público. Não explora a dimensão da bruxaria entre o fantasia e realidade! Ou seja, o filme é bem bestinha.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...