20/09/2012

THE GIRL IN ROOM 2A aka LA CASA DELLA PAURA: O Clássico Exploitation de William Rose.


A gigantesca produção de filmes Exploitation na década de 70 ao redor do mundo é fonte de clássicos absolutos, que sem a interferência da Crítica mais conservadora acabam por ganhar o status de obras cultuadas e redescobertas que graças as novas tecnologias de restauro e difusão, conquistam fãs e colecionadores de antigas e novíssimas gerações. Um dos países onde esse tipo de produção cinematográfica possui um número expressivo de Cult Classics é a Itália. Erotismo, Zumbis, canibais, aventureiros do apocalipse,  geróis mitológicos musculosos, Giallo, Horror, Western, sombrias histórias góticas e muitas outras produções, em sua maioria de baixo orçamento, fazem parte dessa importante, influente e popular cinematografia. Além dos diretores e produtores italianos, estrangeiros também foram até a Itália para produzir seus filmes exploitation de baixo orçamento, como o genial: WILLIAM ROSE.



William Rose foi uma figura de expressiva atuação na cena exploitation de baixo orçamento em Nova Iorque nos anos 60. Especializado no erotismo e na reedição de filmes europeus pra o circuito Grindhouse adulto, em 1973 foi para Roma rodar um filme de Horror cujo roteiro já estava em desenvolvimento: THE GIRL INROOM 2ª, com a colaboração do produtor: DICK RANDALL. As filmagens tiveram locações em Roma e em uma pequena cidade próxima com um elenco afiado: RAF VALLONE e DANIELA GIORDANO. Giordano foi uma das mais belas atrizes italianas de sua época e tão cultuada quanto outras Musas morenas como EDWIGE FENECH e DALIAH LAVI. Na Itália o filme se chamou: LA CASA DELLA PAURA com áudio em italiano e algumas diferenças na trilha sonora, principalmente na  sequência dos créditos iniciais. A versão mais completa e restaurada, sem cortes, do filme foi lançada em uma edição excelente da Mondo Macabro com o título de THE GIRL IN ROOM 2A. No Brasil o filme recebeu o título de O MISTÉRIO DO QUARTO 2A.



A trama do filme gira em torno de uma estranha Seita que usa a tortura como forma de purgar os pecados daqueles que consideram infiéis, transgressores. Um jovem recém saída de uma instituição penal feminina acaba por morar em uma casa cuja dona solitária vive cm as lembranças do filho morto injustamente. Margaret, a protagonista, vive no quarto 2A dessa casa sombria e passa a ser atormentada por uma misteriosa figura de vermelho com uma capa e uma máscara que lhe cobrem o rosto. Nudez discreta, tortura, violência e presenças de belas mulheres em cena permeiam o filme que possui uma atmosfera muito particular. As sequências no quarto 2A são brilhantes, com um suspense muito bem construído e alicerçado na fotografia e na trilha sonora. A poça de sangue e as roupas vermelhas de Margaret acabam por compor uma narrativa onde esse elemento cromático se destaca dramaticamente, como em TENEBRE de Dario Argento, onde o vermelho compõe a vertigem traumática do assassino que explode em violência extrema no final.



A intérprete de Margaret: DANIELA GIORDANO, trabalhou com diretores célebre como: Mario Bava, em: FOUR TIMES THAT NIGHT, 1972,  e com Paul Naschy em INQUISICIÓN, 1976. As cenas do Ritual são muito charmosas, pertencem a um tempo de ingenuidade, onde os diretores não tinham medo de parecerem exagerados ou ridículos. Um precioso exemplar de uma linhagem de filmes onde o que importava era o impacto das imagens sobre o público. Cada vez mais surgem produções poço conhecidas desse período mágico que foi a década de 70. THE GIRL IN ROOM 2A é, além de pura diversão, uma obra de grandes momentos de puro refinamento da composição das sequências, visualmente arrebatadoras. Um filme onde sombras são “rasgadas” pelo vermelho do sangue do figuruino, compondo uma breve sinfonia de Horror e êxtase...


3 comentários:

spektro72 disse...

este filme foi lançado em um VHS duplo pela ZIRCON VIDEO la nos anos 80,Junto com o filme"SADICOS DE SATÃ" meu pai alugou so para assistir o primeiro filme o segundo eu assisti sozinho ja que ele odiava filmes de terror.. mesmo que fosse o mais inocente ele so alugava para eu assistir as vezes eu assistia com a minha irmã ou com um amigo.. parabens pelo seu artigo.

Marcelo Carrard disse...

Sabia q tinha saído em VHS mas não tinha essa importante informação. Muito Obrigado. Na época do VHS via muitos filmes de horror, mas alugava algo para a família ver tb. Eram bons tempos onde vi pela primeira vez filmes do Fulci como The Beyond e filmes de canibais como: Os Vivos Serão Devorados...

spektro72 disse...

de nada,amigo! voce viu mas coisa do que eu tanto em dvd como nas velhas fitas VHS..eu sou mero amador...esse filme" THE BEYOND" nunca assistie nunca eu encontrei para aluga-lo ou ate compra-lo este outro que voce mencionou"OS VIVOS SERÃO DEVORADOS"é outra perola que nao assisti quase comprei ... mas nao deu escapou.. saiu em VHS pela Extinta MACVIDEO no começo dos anos 80.. os bons tempos que nao voltam mais.um abraço

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...