07/06/2012

REAZIONE A CATENA aka BAY OF BLOOD> A Bela cópia restaurada da Pedra Fundamental do slasher que iluminou a Sessão Comodoro de Junho.


O tempo frio e chuvoso da noite dessa última quarta-feira não espantou os fãs ardorosos da Sessão Comodoro e ainda acrescentou uma parcela nova de público que se agregou a sessão. Ótimas conversas antecederam a sessão como de costume. O primeiro grande impacto para mim que nunca havia visto esse filme de Bava no cinema, foi a grandiosa trilha de STELVIO CIPRIANI  no poderoso Dolby Digital. O desfile das imagens, a figura de Isa Miranda sendo assassinada em sua mansão encarnando a solitária Condessa, tudo iniciava a “Reação em Cadeia” de emoções que se seguiriam. Bava foi um meticuloso e sensível fotógrafo, de estilo único e singular  e nesse filme em especial ele nos brinda com uma câmera diegética e de diabólica manipulação. A qualidade dessa cópia é mais um trabalho do incansável pessoal da RARO VÍDEO/NOCTURNO, essa espécie de Blue Underground italiana composta de jovens fãs e críticos de Cinema de Gênero italiano, com títulos primorosos lançados, muitos já comentados por aqui, sem esquecer do Documentário antológico e em duas partes sobre o Mestre: Joe D'Amato que eles produziram,.


È impressionante como Bay of Blood foi copiado pelos roteiristas e produtores de Sexta-Feira 13 Parte 1 e 2. O próprio Sean S Cunningham, diretor do primeiro Sexta-Feira, afirmou certa vez em um documentário do Channel Four que devia muito a Bay of Blood de Mario Brava para a criação de Sexta-Feira 13. Os cenários, o lago, os jovens safadinhos sendo exterminados uma a um, as reviravoltas e até o final surpresa já estavam no roteiro de Bay of Blood. Das sequências antológicas, talvez a mais absurda e genial seja a do casal sendo empalado por uma lança em pleno ato sexual, sequência repetida de forma amena em Sexta-Feira 13 Parte 2. As sequências noturnas do filme realmente são de grande beleza, havia me esquecido delas. De uma estranha beleza também é a cena do polvo se movendo sobre o rosto do cadáver, uma imagem antológica, sem dúvida. Grande e inesquecível Sessão Comodoro !!!

2 comentários:

Bússola do Terror disse...

Nunca ouvi falar nesse filme, mas parece ser um super slasher!
Vou procurar.

Marcelo Carrard disse...

É um filme muito importante q já em 1971 indicava o q viria nos anos 80.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...