11/03/2012

THE REDEEMER-SON OF SATAN: O estranho slasher de Constantine S Gochis.


Um filme que assombrou minhas madrugadas na televisão nos anos 80 mostrava um grupo de antigos alunos de uma escola tradicional que se reúnem em um final de semana e são mortos, um a um por um homem misterioso que usa vários disfarces. A atmosfera singular desse filme e a figura de um menino que sai das águas de um lago na abertura e retorna no final, a música, o conteúdo ligado ao ocultismo e ao radicalismo religioso, tudo me marcou nesse filme do qual nunca me lembrava do nome. Dias atrás achamos uma cópia restaurada desse filme, diretamente dos negativos que já se encontravam em um estado bastante precário. O filme se chama THE REDEEMER-SON OF SATAN aka CLASS REUNION MASSACRE, de 1978. Ele é a única Direção de um tal de Constantine S Gochis, do qual não se tem notícias ou informações mais precisas, mas acredito que não se trate de um pseudônimo. Além de apontar caminhos para a vasta produção de slasher movies que tomaria os EUA e o resto do mundo de assalto nos anos 80, The Redeemer possui um forte conteúdo ocultista que acabam lhe conferindo uma aura Cult de obra satanista e obscura. A sequência do menino saindo do lago além de bela tem uma composição apurada e uma série de simbolismos que se mesclam no final quando vemos um detalhe inusitado na mão do Padre e posteriormente na mão do menino. Lindo o enquadramento do lago e da pedra, sem esquecer da sombra que se move sobre ela...


Mas, e as mortes ? Afinal é um slasher... O assassino usa seus disfarces para cometer os assassinatos de maneira performática como na brilhante sequência da faca suspensa, ou usando bonecos com um lança-chamas fatal. É uma mistura de elementos do Dr Phibes e do Jigsaw. A sequência em que ele surge inesperadamente no banheiro onde está uma das meninas é chocante em seu realismo enfatizado pelo não uso de música ou qualquer efeito extra diegético.. A cena onde vemos a jovem rica praticando tiro ao alvo com pombos vivos lançado pelo seu mordomo é chocante e inconcebível  em tempos politicamente corretos atuais. A figura do Padre e seu assustador sermão sobre o Redeemer  é um dos momentos mais interessantes do filme, aparecendo pontualmente dentro da trama, culminando no final repleto dee simbolismos do filme. Tanto o Padre quanto o Redeemer e seus muitos disfarces são de autoria de um só ator:TG FINKBINDER. Obscuro, misterioso, estranho... THE REDEEMER é daqueles filmes que tem o poder de nos surpreender mesmo passados mais de 30 abos. Vale a pena conferir, ver e rever... Obrigatório  para Colecionadores.

4 comentários:

Bússola do Terror disse...

Nunca vi esse filme, mas, pelo que você descreveu, parece uma mistura de slasher com filme de assombração.
Bom, passei por uma situação bem parecida com a que você passou com esse filme quando eu era adolescente e assisti no SBT alguns trechos de O Monstro da Ilha. Mas o problema foi esse: como só vi trechos muito rápidos (que eram exatamente as cenas de mais suspense), deixei a minha imaginação me explicar o resto da história. E o que eu imaginei foi realmente assustador!rs
Recentemente, depois que assisti o filme todo, ainda acho ele um filme legal. Mas nada do outro mundo.rs

Marcelo Carrard disse...

Os filmes da madrugada nas tvs brasileiras são yn subgênero a parte mesmo, sem esquecer do saudoso Cine Trash da Band, aliás a Band passava os filmes da Hammer direto nos anos 70 sem esquecere da cultuada série: Galeria do Terror.

Anônimo disse...

Aqui nessa entrevista, um dos atores do filme conta quem foi o diretor e fala mais sobre o filme:

http://www.hysteria-lives.co.uk/hysterialives/Hysteria/loose_talk_loses_lives_15.htm

Gustavo Franco disse...

Marcelo, venho procurando esse filme há anos! e creio que só agora com todas as facilidades da internet é que consegui encontrar.

Vc podereia me informar por favor, onde consigo as legendas para esse filme? mesmo se for em inglês me interessa.

Gustavo Franco no facebook

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...