07/03/2012

FRIGHTMARE: Um belo exemplar do Horror Cinematográfico de Pete Walker.



A Sessão do Comodoro do dia 7 de março de 2012 deixou muito claro para todos que o Diretor britânico PETE WALKER é um talentoso e criativo autor de atmosféricas e ricamente elaboradas tramas de horror e mistério onde o realismo consegue ser tão, ou mais surpreendente do que o sobrenatural. O longa de Walker exibido foi: FRIGHTMARE, de 1974, sobre uma estranha família de psicopatas praticantes do canibalismo onde a figura da velha matriarca simplesmente rouba a cena de maneira espetacular. Grande atriz, expressividade hipnótica e um arrepiante levantar sutil de sobrancelhas fazem delas uma das maiores vilâs do Cinema de Horror de todos os tempos, sem exageros. A fotografia do filme é incrível em sua criatividade e versatilidade. Vai quase da textura pálida e monocromática até as mais belas e elaboradas tensões cromáticas e composições de luzes e sombras bastante sofisticadas como na primeira sequência diante da lareira ou na devastadora sequência final. O assassinato do namorado da filha é algo extraordinário, digno de aplausos, bela sequência que jamais desaponta os fãs mais exigentes do bom Horror Cinematográfico. Caminhando por fora do esquemão Hammer, Waker pode ser considerado um Mestre do Horror Europeu da categoria de um Fulci ou de um Argento. Sua capacidade de compor cenas de grande beleza e de sangrenta poesia se mesclam a sua força na Direção de atores. Pete Walker é um Cineasta que merece urgente uma retrospectiva para que seja descoberto e redescobert FRIGHTMARE: Um belo exemplar do Horror Cinematográfico de Pete Walker.




0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...