17/10/2011

TRHAUMA: Um estranho Giallo de Gianni Martucci.


Não confunda os títulos. O TRHAUMA, 1980 nada tem a ver com o clássico: TRAUMA, de Dario Argento feito muitos anos depois. Martucci  criou um filme irregular, onde a falta de recursos é visível. Na abertura vemos a brincadeira de dois garotos onde um deles, o mais vulnerável,  sofre uma queda violenta de uma árvore. Com essa gênese traumática será mais ou menos explicada a trama de assassinatos que se seguirá posteriormente. A nudez surge como elemento exploitation clássico e os incautos isolados em uma casa de campo passam a ser vítimas de um estranho homem mudo e seu misterioso mentor. Uma razoável atmosfera é construída. As mortes não são gráficas e a única cena gore ocorre no final do filme, mas mesmo assim merece ser conferido, principalmente por fãs ardorosos e colecionadores que, assim como eu, são absolutamente apaixonados pelo Horror Cinematográfico Italiano.


Mesmo com suas deficiências, TRHAUMA é um exemplar bastante original do Filme Giallo. Sua fusão com alguns clichês do Slasher norte-americano o tornam um típico exemplar anos 80 das produções de Horror italianas. Já apontava para o futuro melancólico que o Cinema Italiano de Gênero teria uma década depois, afundando ao lado dessa importante cinematografia que definha até hoje, mas que tem em suas glórias do passado seus maiores tesouros. O final repentino do filme  é seguido de um versículo da Bíblia, e os créditos finais sobem em silêncio. Surpreendente...

2 comentários:

Fahrenheit32 disse...

Volto no passado...1988, foi o segundo filme que eu vi no videocassete recem comprado pelo meu velho. A história do assassino mudo, que mata a troco de lego.

Valeu a lembrança Carrard!

Marcelo Carrard disse...

Quantas lembranças dos tempos jurássicos do VHS... Foi o suporte de filmes que me apresentou Lucio Fulci, Argento, lenzi, Deodato... Muitas lembranças...

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...