19/08/2011

JOE D’AMATO TOTALLY UNCUT: Um sensacional Documentário sobre o Grande Mestre do Cinema Exploitation Europeu.


O grande Mestre JOE D’AMATO, cujo nome verdadeiro era ARISTIDE MASSACCESI, ainda é desprezado pela Crítica brasileira, por pura arrogância e preconceito, além de uma infeliz burrice cinematográfica. D’Amato criou um Cinema único, sensorial, selvagem, luminoso, safado, vivo e pulsante. Sou profundamente apaixonado por seus filmes, uma paixão que se tornou ainda maior após saborear o longo Documentário: JOE D’AMATO TOTALLY UNCUT, de 1999, lançado na época em que o Mestre nos deixou, em 23 de janeiro. Muito bem editado o Doc tem longos depoimentos de D’Amato que esbanja simpatia e fala detalhadamente de seus  filmes, dos atores e colaboradores, com grande riqueza de detalhes. Muitas sequências de seus filmes aparecem sem censura alguma. A narradora nos guia através de cada fase do Diretor. Num primeiro momento é destacado o Erotismo latente da  obra do Mestre, a descoberta de LAURA GEMSER, sua grande Musa que ele dirigiu inicialmente na comédia  VOTO DI CASTITÁ de 1975, quando Gemser estava explodindo nas telas como a BLACK EMANUELLE. Os filmes da série são analisados  e D’Amato fala com carinho da atriz, destacando outras musas como as Cult Transex: AJITA WILSON e AMANDA LEAR. São destacados os filme do subgênero: Decamerotiche, inspirados no sucesso da “Trilogia da Vida” de Paolini, onde D’Amato já mesclava a violência extrema e a sexualidade, sua marca na “Fase Caribenha” que é fartamente explorada no Doc. É destacado o trabalho de D’Amato como lendário Diretor de Fotografia, muito elogiado por seu uso singular da câmera solta, na mão. A polêmica sobre o Snuff Movie que aparece em EMANUELLE IN AMERICA é bem explorado e o Diretor fala de detalhes sobre o Processo Judicial sofrido pelo filme, fruto da picaretagem da atriz que encenou as sequências extremas, realistas graças a maquiagem do Mestre: GIANNETTO DI ROSSI. A emoção pulsa por todo o filme, os depoimentos de LUIGI MONTEFIORE aka GEORGE EASTMAN são um ótimo contaponto.


Muito material precioso se encontra nesse maravilhoso Documentário. Além de falar profundamente sobre o erotismo singular de seus filmes temos o prazer de ver uma segunda parte desse Doc onde o Horror Cinematográfico e os subgêneros são mais destacados. Além dos depoimentos dele sobre Censura, descobrimos detalhes sobre filmes importantes como ANTROPOPHAGUS, BUIO OMEGA, ROSSO SANGUE e muitos outros, como seu filme de Guerra, de 1973: HERÓIS DO INFERNO e o Giallo: La Morte há Sorriso Del Assassino, com Klaus Kinski no elenco. D’Amato fala como fizeram a polêmica cena do feto em Antropophagus, inacreditável, descobri a colaboração entre D’Anato e Roger Corman em: A Vingança das Gladiadoras. O Diretor é colocado em um lugar de destaque e até pioneirismo na produção de filmes onde era explorado o canibalismo, colocando-o no mesmo nível de importância de Ruggero Deodato e Umberto Lenzi. D’Amato rasga elogios ao Diretor Michele Soavi que faz uma ponta em Rosso Sangue, além de elogiar suas atrizes, destacando a performance da atriz que contracena com o super dotado zumbi radioativo de PORNO HOLOCAUST. São muitas informações, muitos depoimentos nesse apaixonante retrato desse grande Diretor que além de tudo se mostra modesto e humilde diante de seu entrevistador sortudo. Fiquei profundamente emocionado ao final desse documentário excelente de Roger A Fratter, com a colaboração de: Davide Oulici e Manlio Gomarasca. Um documento precioso sobre um grande Mestre com muito material excelente e raro. Vale a pena ver e rever esse Documentário dividido em duas partes, obrigatório para os fãs e revelador em diversos sentidos.

7 comentários:

Fernando disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fernando disse...

Gosto muito da obra cinematográfica desse diretor. É uma pena ele não ser tão conhecido.

Marcelo Carrard disse...

Realmente o trabalho do D'Amato é apreciado por um público mais underground por aqui. Na Itália tinha um Festival gigante em homenagem a ele, o Joe D'Amato Horror Fest.

Amilcar Rodrigues disse...

Gostei do seu blog! Encontrei ele agora.

Marcelo Carrard disse...

Muito Obrigado. Volte sempre !!!

Amilcar Rodrigues disse...

Aí vai alguns links de blogs com filmes bons para baixar: espero que tenha alguma utilidade para você: Weird is Nice (http://bit.ly/qIVjpV), Cinema of the World (http://bit.ly/qrXiXq), Exploitation Film Collection (http://bit.ly/oHPRfa), Dare, Rave and Tease Cinema (http://bit.ly/owA4Qd), Cine Classik (http://bit.ly/pvLGym), Vintage Classix (http://bit.ly/pjhHkB), Soviet Movies (http://bit.ly/pht1ZM), Filmografia do Tatuador (http://bit.ly/rdLNQd), Vintage Section (http://bit.ly/qXfDvY), Erotica Films (http://bit.ly/nJGmgg), Laranja Psicodélica (http://bit.ly/qJVaZN), Cine Um por Dia (http://bit.ly/njjQu1), Supersônico a Carvão (http://bit.ly/rhw0Pk), Cine Cult-Classic (http://bit.ly/otTBe9), O Compartilhador (http://bit.ly/n2zABi), Cinema Indiano (http://bit.ly/pNMb0i), Downloads do Cinema Indiano (http://bit.ly/qV3Jca), DVDcanFly (http://bit.ly/ocfgYF).

Marcelo Carrard disse...

Muito Obrigado pelos links. Serão muito bem aproveitados.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...