19/07/2011

VERMELHO, BRANCO E AZUL: Um Thriller sombrio que acabou premiado como o Melhor Filme do FANTASPOA 2011


Selecionado para a Competição Internacional do FANTASPOA 2011, um filme norte-americano que mistura Drama e Horror com uma narrativa seca e atmosfera depressiva, acabou vencendo a categoria de Melhor Filme. VERMELHO, BRANCO E AZUL, 2010, dirigido pelo talentoso: SIMON RUM LEY, lembra um pouco a estrutura de filmes como Audition de Takashi Miike, onde por um tempo considerável, um Drama se desenrola na tela, mostrando o cotidiano agridoce de Erica, uma jovem sexualmente ativa, mas com um olhar que parece esconder feridas do passado, vivendo uma jornada de melancólica existência em Austin, no conservador estado do Texas. Com o passar do tempo vemos o reencontro da jovem mulher com um guitarrista de uma banda de Rock, com quem teve uma noite de sexo casual, descartável. O destino os coloca frente a frente por causa de uma fatalidade e então o filme irá se transformar em uma amarga orgia de tortura e vingança.

A atmosfera sombria, depressiva se faz presente na relação do roqueiro com a mãe, que está sofrendo de um câncer em estado terminal, e na vida anódina e de eterna busca por um gozo que nunca se concretiza e estampa o rosto introspectivo e  de árida emoção que Erica leva consigo em seu repetitivo cotidiano. O Diretor optou por usar uma trilha que começa com acordes de piano acústico na parte final onde a tortura ocupa por completo a ação do filme, com a trilha sonora ganhando dimensões de uma estranha sinfonia. Um ótimo trabalho de Direção, um filme que surpreende com seus desdobramentos do roteiro que também é de autoria do Diretor. A montagem ajuda a esconder o que poderia ser um espetáculo de Gore extremo, o que não seria nada mal, mas ao optar por deixar na imaginação do espectador as cenas mais extremas, o Diretor consegue manter a tensão e garantir que o espectador ficará grudado na poltrona na parte final do filme. No próximo post, falarei sobre MEAT, o vencedor na categoria: DIREÇÃO

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...