03/07/2011

TROLL 2: O Pior Filme do Mundo ?


Listas com os piores filmes da História do Cinema são muitas. Existe até aquele documentário super divertido: Os 50 Piores Filmes de Todos os Tempos. Mas o que realmente torna um filme tão ruim que ele se torna Cult,      e até um disputado item de colecionadores? Muitas vezes isso ocorre pelos extremos absurdos que fogem da compreensão humana e nos fazem pensar como, mas como uma criatura pode cometer um filme tão bizarro ? E não são apenas filmes de baixo orçamento que entram nessas listas de piores. Tem muita super produção que não vale absolutamente nada, nem como diversão, nem talento para ser bizarra ou engraçada tem, como por exemplo a série: Piratas do Caribe, que não me diz absolutamente nada, sendo um total desperdício de tempo e dinheiro... E a série Crepúsculo então, nem poderia chamar aquilo de lixo, pois o lixo pode ser reciclado e aproveitado posteriormente...


Da união de “talentos” podem surgir filmes que de tão ruins se tornam clássicos absolutos e inacreditáveis do início ao fim. Exemplo maior é o filme produzido por JOE D’AMATO e dirigido por CLAUDIO FRAGASSO, um pupilo e colaborador constante do genial bagaceira: BRUNO MATTEI. O filme? TROLL 2, de 1990. Atores pavorosos, um roteiro absurdo, péssima montagem, péssima Direção de Arte, péssimos Efeitos Especiais, péssima Maquiagem, creio que o filme pode receber o adjetivo: Pior, em todas as categorias possíveis. A trama gira em torno de um moleque, interpretado por um ator mirim chato e sem carisma, que fala com o fantasma do avô, outro mala, sobre Goblins o tempo todo. O filme não deveria ser sobre Trolls ? Buenas, a família do moleque pentelho vai para o campo e começa a ser atacada por um bando de anões toscos com máscaras de quinta categoria em sequências de rachar o bico de tanto rir. As criaturas meio que transformam os humanos em vegetais e os devoram e tem muita gosma verde o tempo todo. A Bruxa do filme é um “espetáculo” a parte. Ela jura que está causando na interpretação, mas simplesmente sua presença em cena é lamentável, mas ao mesmo tempo hilária. O final do filme salva do total desastre. So espero que aquele moleque nunca mais atue diante de uma câmera enquanto viver.... kkkkkkkkkkkkkkk...

3 comentários:

Tony Sarkis disse...

Marcelo vc se esqueceu de dizer sobre a franquia Transformers que é puro lixo tb, nada para ser aproveitado!!!

Marcelo Carrard disse...

Com certeza. Saudades do tempo em q o Spielberg produzia bons filmes... Faz tempo isso...

Leopoldo Tauffenbach disse...

O moleque do filme cresceu e acabou dirigindo o documentário "Best Worse Movie" que mostra o lado dos atores quase vinte anos depois do filme. Além de mostrar como cada um seguiu sua vida, o documentário ainda mostra os fãs do filme em situações que vão do fantástico ao vergonhoso.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...