05/06/2011

GATTI ROSSI IN UN LABIRINTO DI VETRO aka EYEBALL: Um Giallo sensacional de Umberto Lenzi


Umberto Lenzi realmente é um Cineasta genial e eclético que nos brindou com filmes policiais, aventuras extremas com canibais e com uma importante produção no italianíssimo subgênero do Giallo, que eu particularmente amo com todo o meu fanatismo cinéfilo. Em 1975 ele lança em co-produção com a Espanha o sensacional: GATTI ROSSI IN UN LABIRINTO DI VETRO aka EYEBALL, com ótimas locações em Barcelona, contando a história de um grupo de turistas em visita a famosa cidade catalã, que passam a ser vítimas de um misterioso assassino que sempre arranca um dos olhos das vítimas, só atacando as mulheres do grupo, que aparecem nuas diversas vezes no filme, tudo sublinhado pela música do Mestre: Bruno Nicolai.


O roteiro do filme segue a risca a cartilha do Giallo clássico, com um forte apelo sexploitation e muita violência, onde a suspeita da autoria dos crimes cai sobre todos que fazem parte do grupo, sendo revelada a identidade do assassino no finalzinho de maneira bombástica e perturbadora. Mais do que um simples “Filme de Viagem”, as locações em Barcelona contribuem para a atmosfera do filme, principalmente no castelo da parte final. A sequência do assassinato no trem fantasma é genial e o visual do assassino com sua capa vermelha é muito estiloso. Um mistério sobre a adaga encontrada na mão de uma mulher é um dos centros da trama, mas a imagem grotesca que denuncia a autoria dos crimes é realmente surpreendente e perturbadora em sua composição. Diversão garantida para os fãs em mais um grande filme do Senhor Umberto Lenzi.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...