17/04/2011

ILSA, HAREM KEEPER OF THE OIL SHEIKS: Um deleite exploitation do Mestre: Don Edmonds




A série de filmes com a sádica personagem ILSA, começou a ganhar fama em 1975 com o lançamento de ILSA SHE WOLF OF THE SS, que acabou se tornando um dos maiores clássicos da História do Cinema Exploitation. O filme onde a mesma personagem é a cruel Comandante de um Harém de escravas brancas dominado por um Sheik mais cruel ainda tem um toque exótico muito interessante, totalmente diferente da ambientação do Campo de Prisioneiras da Segunda Guerra Mundial. A nudez e o sexo são mais acentuados nesse filme sem esquecer das absurdas cenas de tortura e mutilação. Como instrumentos de tortura são utilizadas desde a introdução de formigas na área genital das mulheres até um instrumento metálico de penetração que aparece em uma sequência inacreditável. Cintos de castidade são usados e mostrados em close up várias vezes. A sequência das duas lutadoras negras, assistentes de Ilsa, que arrebentam um cara grandão é impagável. DYANNE THORNE, a atriz que interpreta Ilsa, é sensacional e sempre tive a impressão que ela se divertiu muito nas filmagens.

A presença dos diplomatas americanos promove momentos interessantes como o da punição de um ladrão que tem a mão cortada. O mais jovem dos diplomatas se torna amante de Ilsa enquanto que para o mais velho é oferecido um garoto como escravo sexual. Muitas cenas de dança do ventre, erotismo latente se mesclam aos extremos da violência exagerada que caracteriza a série. O fetichismo é forte nas cenas de sexo e tortura. Uma trama característica das fábulas clássicas das Mil e Uma Noites aparece na figura do Príncipe aprisionado por seu cruel tio que assumiu seu lugar como Sheik. A inevitável luta final é ainda mais fetichista com as mulheres nuas atirando com pistolas e jogando granadas. O filme segue muito bem a cartilha exploitation e não decepciona os fãs do gênero.  Ilsa ainda aparece em outro filme ambientado  em um Campo de Concentração na Sibéria e teve uma imitação de Jesus Franco também nos anos 70. Realmente essa mescla de torturas escabrosas com nudez e sexo virou uma fórmula de sucesso, vista em dezenas de produções mundo afora. Mas Ilsa é a grande série Clássica, que pode competir igualmente com as séries orientais, as mais extremas e geniais...

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...