11/03/2011

DREAM HOME: Um dos melhores filmes de Horror Asiático dos últimos anos.


Existem filmes q impressionam e apaixonam de imediato. DREAM HOME é um desses filmes. Essa sensacional produção de Hong Kong, do ano passado, mostra q mesmo subgêneros do Horror Cinematográfico  já esgotados como o Slasher, podem ser recriados com resultados surpreendentes, como no caso de HAUTE TENSION, de Alexandre Aja. O roteiro de DREAM HOME é cirúrgico, impecável ao mostrar a história real de uma assassina ligada a especulação imobiliária em Hong Kong, onde se conseguir uma casa ou apartamento é uma tarefa árdua. A maneira como o filme retrata as mortes violentas é repleta de ângulos e enquadramentos muito criativos, com atmosferas muito bem construídas. Existe o massacre de um grupo de jovens em um apartamento e mostrado em várias partes, com  uma narrativa nada linear. O filme tem momentos esteticamente impecáveis como o do primeiro assassinato. Momentos extremos e grotescos surgem como na vítima q está grávida e na bizarra visão do garoto com as vísceras à mostra fumando um baseado. Além do ótimo  roteiro o filme tem um trabalho de montagem muito preciso criando um espetáculo de extrema violência muito bem realizado, sem se tornar barroco demais.

He Cheung Pang, o jovem Diretor de DREAM HOME se destaca como um dos autores mais promissores do Novo Cinema Fantástico Asiático, celeiro de um número cada vez maior de   jovens promessas cinematográficas, vindas do Japão, da China, da Coréia do Sul, da Indonésia e da surpreendente Tailândia q nos brindou recentemente com os ótimos PHOBIA 1 e 2. É impressionante ver a jovem assassina de DREAM HOME em ação e sua versatilidade nos uso de facas e esmagamento de crânio em um vaso sanitário. A performance dela não é nem um pouco over acting, trazendo para a protagonista todo um realismo bastante verossímel. Outro detalhe do filme é sua fotografia sem grandes maneirismos cromáticos e uma visão desglamourizada da luminosa e radiante Hong Kong. Sem dúvida um filme de primeira para fãs exigentes do Horror Asiático, mas, fugindo da regra, totalmente, se aproximando um pouco de Takashi Miike, mas com muita personalidade e estilo. IMPERDÍVEL !!!


2 comentários:

Rodrigo disse...

Realmente um ótimo filme. Sangrento e com um bom roteiro.

FilmPuff disse...

Concordo.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...