18/03/2011

CALIGULA 2: THE UNTOLD STORY – A versão restaurada e sem cortes de um épico histórico de Joe D’Amato.


Depois que nosso querido Tinto Brass lançou sua bela cinebiografia do polêmico Imperador Romano: CALÍGULA, muitos similares foram produzidos na esteira de seu sucesso. Devido ao número expressivo dessas produções se criou até um novo subgênero exploitation, o Caligulasploitation. Até o genial bagaceira Bruno Mattei fez sua versão cinematográfica da história com Calígula e Messalina, 1981, mas a minha favorita, que cheguei a ver com muitos cortes no cinema, é a versão de meu Mestre: JOE D’AMATO: CALIGULA: THE UNTOLD STORY, estrelado por sua musa LAURA GEMSER. A versão sem cortes, restaurada é muito bonita, mas tem aqueles momentos em que o áudio varia do inglês para o italiano. O figurino é caprichado e os cenários também. Muitas locações na praia  registram momentos oníricos onde Calígula antevê sua morte. A fotografia, também de D’Amato é muito inspirada nos interiores com destaque na sequência inicial onde o imperador se vinga de um traidor cortando-lhe a língua. Cenas extremas de tortura aparecem com a mesma intensidade que as cenas de sexo explícito, mais acentuadas no momento da orgia, onde se repetem elementos do filme de Brass, como o anão e elementos de Emanuelle in America, como a presença do cavalo que é masturbado por uma mulher. Outra citação de Emanuelle in America é a sequência da piscina onde as escravas se banham nuas e rolam umas sacanagens...
Realmente a sequência da orgia ainda é o morango do bolo do filme, o momento mais extremo que, embora um pouco longo, tem o charme hardcore da época da película, antes da decadência do sexo explícito feito em vídeo. A sequência da tortura dos traidores é bem extrema; Um detalhe marcante é a maneira como D’Amato enquadra Laura Gemser, é uma declaração de amor sob a forma de imagens de rara beleza. As sequências onde ela está no chão diante de um altar pagão, são antológicas. O ator que interpreta Calígula tem um rosto interessante, funciona e não é tão afetado quanto poderia ser. Interessante a sequência onde seu segurança está possuindo uma escrava e Calígula participa da brincadeira partindo para cima dele aos beijos. Muito interessante. A maneira como os corpos são iluminados nas cenas de interiores  é muito bela, composições de força pictórica que se contrapõem nos momentos de sexo hardcire que precisam de mais luz. Um belo filme de um grande Mestre que sempre me surpreende. JOE D’AMATO é o cara !!!





3 comentários:

Anônimo disse...

ONDE POSSO ACHAR ESSE CALIGULA 2 PARA ASSISTIR

Paulo Kersey disse...

bravo, carrard

enjoy, anonimo:
http://thepiratebay.se/torrent/7138165/Caligula_2_The_Untold_Story_Ultra_Rare_Uncut_X_Rated_Version_%2812

len disse...

links do filme sobre Caligola de 1982 (de John D'amato) para assistir online:

http://www.alluc.to/movies/watch-caligola-la-storia-mai-raccontata-1982-online/401942.html

http://www.putlocker.com/file/Y9ZQZDUXE804O0

http://video.mail.ru/mail/lydia/24133/24802.html

http://xxxbunker.com/caligulaii_the_untold_story_uncut_1981_1

http://xxxbunker.com/caligulaii_the_untold_story_uncut_1981_2

Aproveitem ...

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...